Seguidores

OAB tenta, mas não consegue impedir a entrega da Medalha Tiradentes a Jair Bolsonaro


















Na manhã desta quarta-feira, 22, em Campo Grande, o deputado federal Jair Bolsonaro (PP-RJ) recebeu  a Medalha Tiradentes da Polícia Militar de Mato Grosso do Sul (PMMS). 
 
O presidente da Comissão de Direitos Humanos da seccional OAB-MS (Ordem dos Advogados do Brasil), Joatan Loureiro da Silva, tentou impedir a homenagem do Governo do Estado ao deputado. A OAB-MS chegou aprovar, durante um seminário sobre direitos humanos, uma moção de repúdio contra a inclusão de Bolsonaro entre os agraciados com a honraria da PMMS. A moção pedia ainda a revogação da homenagem. 
 
Saindo em defesa -  Gisa Moura: “Já passa da hora da OAB dar a mão à palmatória”
 
Nossa redação recebeu email, da vice-presidente da União Nacional dos Bacharéis em Ação(UNBA), Gisa Moura, que criticou a moção da OAB/MS. 
 
Para Gisa Moura, isso é uma retaliação da OAB, por conta do posicionamento do deputado federal Jair Bolsonaro, pela extinção do Exame da Ordem. “Então me pergunto, cadê a tal democracia que a OAB fala tanto? Atitude da OAB-MS em nada contribui no aprimoramento da democracia brasileira. Já passa da hora da OAB dar a mão à palmatória, a OAB tem se mostrado muito antidemocrática, por exemplo: não tem eleição direta para o presidente nacional da OAB, concluiu Gisa Moura.
 
Medalha Tiradentes
Joaquim José da Silva Xavier, o Tiradentes, é Patrono das Polícias Militares brasileiras. Os militares vêem na figura histórica exemplo de dignidade, honestidade, luta pelos ideais de igualdade e pela melhoria de vida do povo brasileiro.