Seguidores

Procurador da Fazenda protocola pedido de impeachment do ministro Dias Toffoli





















 Oprocurador da Fazenda Nacional, Matheus Faria Carneiro, protocolou nesta quinta-feira, no Senado, pedido de impeachment do ministro do Supremo Tribunal Federal, José Antônio Dias Toffoli.
Matheus Carneiro contou à imprensa que agiu na condição de cidadão e não em função do cargo que exerce em sua cidade natal, Criciúma, em Santa Catarina.
- Estou aqui para exercer o papel de cidadão e amparado no que a Constituição me concede. Busco restabelecer o sentimento de que os agentes públicos devem prestar contas a seus administrados e a seus jurisdicionados. Acho que este ato pode ser o início de um novo paradigma, de outros cidadãos fazerem o mesmo também — explicou Matheus.
O requerimento atribui ao ministro crimes de responsabilidade. O principal deles é relativo a um empréstimo no valor de R$ 1,4 milhões, feito por Toffoli no Banco Mercantil do Brasil, em 2011.
Um agravante, segundo o procurador, é que Toffoli foi relator do referido banco no Supremo, desde que assumiu a cadeira no tribunal em 2009.
O documento entregue à Secretária-Geral do Senado possuí 50 páginas e transcreve reportagens citando o ministro Toffoli. O texto destaca algumas manifestações populares - em uma delas o procurador aparece falando ao microfone para milhares de pessoas na Avenida Paulista, São Paulo.
O Senado deu prazo de dez dias para avaliar a denúncia e emitir um parecer.