Seguidores

REAGIR A ASSALTO PODE VIRAR CRIME HEDIONDO







Um projeto de lei apresentado na tarde de hoje na Câmara dos Deputados que tornar crime hediondo a reação a assalto e a legítima defesa.
Segundo o texto do projeto, “a iniciativa visa reduzir o grande número de assaltantes que são brutalmente assassinados no exercício da profissão”.
O projeto também alega, em sua justificativa, que “já existem as polícias para proteger o cidadão, por isso não é necessário reagir, pois ao fazê-lo, podem ocorrer excessos, o que poderia comprometer a integridade física tanto do cidadão que está sendo assaltado, quanto do cidadão que está assaltando”.
Remetido para a Comissão de Constituição e Justiça, o projeto foi alvo de polêmicos pronunciamentos.
A deputada Marília do Rosário fez um emocionado discurso, no qual homenageou a memória de todos os cidadãos que foram assassinados enquanto cometiam assaltos.