Seguidores

Senado aprova aumento de mais de 30 mil no efetivo do Exército


O Plenário do Senado aprovou terça-feira o projeto de lei (PL 4370/12) que aumenta o número de oficiais, sargentos e subtenentes daquela Força em tempos de paz. A proposta permite o aumento em até 31.358 do número de integrantes do Exército. Pelo texto, poderão ser criados 14.014 cargos de oficiais e 17.344 de subtenentes e sargentos. A proposta segue para a sanção presidencial. O limite legal de pessoal militar, fixado há 30 anos, passa de 296.334 para 325.692, o que corresponde a um acréscimo de 9,9%. Esses novos servidores deverão ser incorporados gradativamente ao Exército entre 2013 e 2030, de acordo com um planejamento anual. Ao apresentar a proposta, o ministro da Defesa, Celso Amorim, argumentou ser preciso aumentar o efetivo, uma vez que a consolidação da democracia no País e a institucionalização de políticas e projetos estratégicos mudaram o perfil da Defesa Nacional. “A Força ressente-se da dificuldade prática de ampliar e diversificar o seu emprego e atuação em atividades que impliquem grande esforço de alocação de pessoal militar”, disse o ministro.